Pra sua casa

4 filmes para quem morre de medo de ser hackeado

Compartilhar
4 filmes para quem morre de medo de ser hackeado

4 filmes para quem morre de medo de ser hackeado

Publicado em 10 de setembro de 2018

Quando falamos em filmes de terror, notamos que a produção cinematográfica permaneceu estagnada durante muitos anos, realizando produções com os mesmos clichês de sempre: vampiros, zumbis, espíritos malignos e serial killers. Era raro nos depararmos com um filme em que o enredo gira em torna da tecnologia.

Contudo, hoje em dia, está cada vez mais comum lançarem filmes em que a falta de cuidado na internet representa um papel de antagonista, retratando uma possível realidade em que a evolução da humanidade tenha caminhado para um rumo diferente daquele que esperávamos.

Neste post mostraremos 4 filmes assustadores para quem morre de medo de ser hackeado, levantando uma reflexão sobre o modo como expomos nossas vidas na internet. Continue a leitura do artigo e confira!

via GIPHY

1. Ratter (2015)

Ratter é um termo diferenciado para Hacker. Ou seja, quem invade dispositivos eletrônicos, como celulares e computadores, com o objetivo de espionar a vida alheia ou roubar dados pessoais. E é nesse contexto que o enredo de Ratter, o filme, se desenrola.

Emma é uma universitária que mora sozinha em um apartamento Nova York, mas que sequer desconfia que está sendo perseguida por um criminoso que hackeou todos os seus dispositivos eletrônicos e observa sua vida durante 24 horas por dia.

Em um clima de claustrofobia e paranoia, Ratter não é apenas um filme de terror, mas uma lição para que todos sejamos mais cuidadosos ao acessar a internet, principalmente quando expomos detalhes de nossas vidas que divulgamos nas redes sociais.

2. Amizade Desfeita (2014)

A trama gira em torno de Laura Barnes que, após ter um vídeo íntimo exposto na internet, comete suicídio. Um ano depois do ocorrido, Laura volta como um fantasma em busca de vingança, procurando o responsável pela divulgação de seu vídeo.

Todo a ambientação do filme é no universo digital em que grupos de amigos conversam por videoconferência e acessam redes sociais. Laura “hackeia” os computadores para revelar segredos obscuros e causar conflito entre os personagens.

O grupo de amigos é intimado a participar de uma espécie de jogo da verdade em que diversas decepções são provocadas, além de colocar suas vidas em risco.

3. Last Call (2013)

Você já ouviu falar em realidade aumentada? Para exemplificar de forma simples, é basicamente a mecânica de Pokemón Go, em que os jogadores utilizam um dispositivo móvel para interagir virtualmente com a realidade.

Sendo assim, Last Call pode ser considerado um dos primeiros filmes de terror a imergir os espectadores nesse tipo de experiência. Para isso, é necessário utilizar o smartphone para participar ativamente do filme, decidindo o trajeto que a personagem principal deve traçar.

No período em que o filme foi lançado, uma pessoa aleatória da sala de cinema era escolhida para fornecer seu número de celular e, em determinado momento da história, esse usuário recebia uma ligação de Lindsay, a protagonista, pedindo ajuda. A partir daí, o usuário se tornava um participante ativo do filme. Confira o trailer e entenda a dinâmica do filme:

4. Quem Sou Eu: Nenhum Sistema é Seguro (2014)

Ambientado em Berlim, Alemanha, Who I Am conta a história do jovem Benjamin, um famoso hacker no universo virtual, mas um rapaz inseguro e sem iniciativa na vida real.

O filme deixa explícito o quão fácil é — para quem detém conhecimentos profundos de informática — roubar informações, manipular o mercado de ações e hackear até mesmo sites de órgãos governamentais.

Quando está atrás de um computador, Benjamin assume uma personalidade forte, intitulando-se de “mago da tecnologia”. Seu talento notável acaba chamando a atenção de um grupo de hackers que estão dispostos a escalá-lo para a gangue.

Contudo, não é apenas a gangue que percebe as habilidades de Benjamin. Em pouco tempo a Europol (Serviço Secreto Alemão) e um obscuro hacker rival também estão à procura do protagonista da trama. As consequências o levam a questionar até que ponto esse estilo de vida vale a pena.

Que tal compartilhar esse link com crush – ou mesmo com seus amigos – pra uma noite cheia de sustos inusitados? Provavelmente vocês terão muito o que conversar depois de assistir a esses filmes! 😉

 

Assine a nossa newsletter

Receba as melhores dicas pro seu celular, internet e casa. E mais: conteúdos sobre séries e games


Últimas publicações