Pro seu celular

Controle de gastos: como administrar a conta do celular?

Compartilhar
Controle de gastos: como administrar a conta do celular?

Controle de gastos: como administrar a conta do celular?

Publicado em 12 de abril de 2018

Controlar a conta do celular pode se tornar um desafio diante dos diversos recursos que o aparelho oferece e das necessidades que a pessoa tem no dia a dia. Afinal, utilizamos a internet do celular e as ligações para quase tudo: desde para o contato com familiares e colegas de trabalho até para a busca de informações importantes ou descontração em momentos de lazer.

Dessa forma, fica muito fácil ultrapassar, até de forma inconsciente, os limites de minutos e consumo de internet previstos em seu plano. Isso pode resultar em cobranças que vão estourar seu orçamento no final do mês.

Para evitar surpresas, preparamos uma série de dicas que vão contribuir para que você saiba utilizar da melhor maneira possível os recursos oferecidos pelo seu celular sem acabar com o 4G ou gastar mais por isso.

Tenha em mente o quanto você utiliza por mês

De quantos GB de internet você realmente precisa? Responder a essa pergunta com segurança é essencial para o seu controle de gastos. Contratar um plano mais caro com 10 GB de internet não faz sentido, se seus hábitos consomem apenas metade disso, por exemplo. Da mesma forma, contar com 2 GB e sempre utilizar mais, tendo que contratar pacotes extras todo mês, é uma situação que poderia ser resolvida com mais planejamento.

A primeira atitude para adequar a sua conta de celular às suas necessidades e ao seu orçamento é compreender o quanto de recursos você utiliza mensalmente. Para isso, consulte pelo menos as últimas três contas. Elas vão servir de base para você saber quantos minutos utilizou e quanto de internet precisou.

Faça um levantamento da quantidade de franquia de internet utilizada, de ligações para outras operadoras e para longas distâncias. Normalmente, são esses fatores que influenciam o aumento da despesa.

Caso você esteja pagando por pacotes adicionais de internet ou para ter mais minutos disponíveis, talvez faça sentido buscar um plano maior. O contrário também pode ser importante: caso você não esteja utilizando todos os recursos que seu plano oferece, vale a pena alterá-lo. A economia nesse caso pode ser significativa.

Os maiores aliados para controlar a sua conta são os aplicativos específicos da sua operadora. No caso da Oi, por exemplo, você conta com o Minha Oi, um app que permite acompanhar o seu saldo, quanto você já gastou de minutos, SMS e ligações e ainda tem disponível a possibilidade de comprar pacotes com mais serviços no momento que precisar, pagar a conta (no caso de planos Pós-Pagos) e até trocar minutos por internet, e vice-versa (para quem usa Pré-Pago ou Plano Controle)

Escolha o plano ideal para você

Cada pessoa tem uma necessidade de internet, ligações e SMS diferente. Pode ser que você seja altamente conectado e curta assistir a vídeos online no caminho para o trabalho, por exemplo. Ou, quem sabe, não precise tanto assim de dados móveis, já que utiliza basicamente o Whatsapp fora de casa, e também gosta de trocar os bons e velhos torpedos.

Compreender qual é o seu perfil de consumo é essencial para escolher o plano ideal para você. Conheça os três principais tipos e saiba para quem eles são mais recomendados:

Pré-Pago

Se você procura a opção em que vai gastar menos com telefonia ou não está muito certo sobre qual será sua renda no fim do mês, um plano Pré-Pago já sai à frente por questão de economia, já que você compra créditos para utilizar os serviços antes de realmente usá-los.

Caso você não use tanto o celular, esse modelo de plano pode ser o ideal para você e permite um controle bem eficiente de gastos. Você vai pagar de forma antecipada e exatamente pela quantidade de serviços que utiliza. Ele também é interessante se você não tem exatamente um padrão de consumo: em um mês, precisa muito de internet, em outro, precisa bem pouco etc.

Acha que é o seu perfil? Então, não deixe de conferir os detalhes do Oi Livre Pré-Pago. Ele traz diversos benefícios, como a possibilidade de acumular serviços não utilizados em um mês para utilizar no mês posterior e trocar os minutos que você não utilizou por internet — ou o contrário.

Controle

Se você precisa aumentar ou diminuir os limites de sua franquia e minutos para ligações, procure conhecer as opções de Plano Controle. Eles são alternativas úteis para manter a sua conta de celular dentro do orçamento.

Nesse tipo de conta, o usuário define a partir dos planos disponíveis qual o limite de internet e de ligações deseja ter por mês. O benefício é prever com exatidão em quanto você será cobrado no final de cada período. Quando o limite contratado é atingido , os serviços são suspensos e você não fica preocupado em usar mais do que o planejado.

Outra opção vantajosa é também poder trocar minutos de ligações por franquia de internet e vice-versa. Como na opção Pré-Pago, os clientes dos Planos Controle podem efetuar a alteração no site ou no aplicativo da empresa na proporção 1 min para 2 MB.

Para isso, basta selecionar um controle deslizante para a direita (mais minutos) ou para a esquerda (mais dados) e confirmar a mudança. A opção pode ser selecionada quantas vezes você quiser sem ter de pagar mais por isso.

Pós-Pago

Os Planos Pós-Pago são para quem precisa muito de todos os serviços do celular. Divididos entre básico, intermediário, avançado e top, eles têm em comum uma quantidade maior de dados e outros serviços disponíveis do que se vê nos planos Pré-Pago e Controle.

Eles têm quantidade de dados pré-definida, como no caso do Controle, mas não oferecem limite de gastos, por isso são ideais para quem está disposto a gastar um pouco mais do que o originalmente planejado, caso necessite de ainda mais serviços.

Uma vantagem dos Planos Pós é a possibilidade de incluir dependentes, o que faz deles os favoritos para utilizar com toda a família. E quem quer trocar de celular, fique de olho: essas opções de planos garantem bons descontos na compra de aparelhos promocionais.

Conecte o WiFi sempre que for necessário

Se você avaliou bem o seu perfil e contratou o plano mais adequado para ele, não precisa ficar se preocupando com o consumo de dados — eles devem ser o suficiente para o que você necessita. Mas, como economizar é sempre bom, é claro que você não precisa permanecer com o 4G ligado o tempo todo.

Quando tiver WiFi de boa qualidade disponível, vale conectá-lo, é claro! Assim, você poderá acionar a sua franquia de dados apenas em casos de emergência, sem ter de contratar um pacote adicional no caso de já ter atingido o limite do seu.

Com o uso cada vez mais popularizado da internet, os estabelecimentos comerciais costumam disponibilizar o sinal de WiFi a seus clientes. Dessa forma, aproveite a ida a uma loja ou a um restaurante para enviar aquele e-mail ou mensagem importante, se estiver na rua.

Outro hábito interessante é pedir a senha dos estabelecimentos que você frequenta mesmo que não precise acessar a internet naquele momento. Ao conectar, a senha ficará armazenada em seu smartphone e você poderá utilizar o sinal sempre que precisar. Possuir um serviço de banda larga na sua casa também permitirá que você não use seu pacote de dados.

Uma vantagem exclusiva dos clientes Oi é utilizar os pontos do Oi WiFi, distribuídos em mais de 2 milhões de locais no Brasil inteiro, que permitem conexão rápida à internet sem gastar nada do seu plano.

Mande mensagens em vez de fazer ligações

Em alguns Planos Controle e Pós-Pagos, você tem minutos ilimitados para falar com números de qualquer operadora no Brasil. Mas, se não é o seu caso, e você não faz muita questão de telefonar, optar pelas mensagens é a solução mais fácil.

Os aplicativos de troca de mensagens como o WhatsApp já são de amplo domínio do público e o uso deles só tende a aumentar. Aproveite isso para mandar mensagens de texto através do software em vez de efetuar ligações.

Pense que cada minuto gasto pode ser resolvido com uma breve frase escrita e enviada. Mas atenção! Essa dica só vale no caso de texto, sem áudios ou vídeos incluídos. Um recado via WhatsApp consome cerca de 10 KB (0,01 MB) por 20 mensagens enviadas ou recebidas.

Se você precisar realizar o download de vídeos ou áudios, o consumo aumenta na proporção do tamanho do arquivo. Outro recurso que deve ser evitado no WhatsApp é a chamada por áudio e vídeo. Apenas 5 minutos consomem aproximadamente 20,7 MB do seu plano. Uma última ação inteligente para fugir do uso de dados é desabilitar o download automático de arquivos.

E, claro, aproveite também os SMS! Até os planos pré-pago mais básicos da Oi permitem enviar centenas de torpedos para a mesma operadora. As vantagens aumentam com planos mais avançados, em que é possível enviá-los para qualquer número do Brasil em quantidade ilimitada.

Fique de olho nestes hábitos para controlar a conta do seu celular

Quanto você pode gastar de dados, ligações ou SMS depende muito do seu plano. Mas, em todos os casos, você pode controlar melhor a sua conta prestando atenção a certos hábitos. Confira alguns deles:

Saiba quais apps consomem mais

Nós já preparamos um post obrigatório para quem quer entender o que, afinal, mais gasta dados no celular e fazer um controle mais eficiente do que está consumindo. Um spoiler: os vídeos e áudios não são as únicas mídias que consomem quantidades maiores! Até emails, se tiverem anexos, podem fazer diferença.

Se o seu plano for reduzido, evite utilizar o smartphone para ver stories no Instagram, mandar vídeos no WhatsApp ou realizar FaceTime com os amigos. Esses hábitos podem acabar com seu 4G rapidinho.

Por exemplo, a visualização de apenas dez imagens no Instagram consome cerca de 4 MB da sua franquia. Já assistir a cinco minutos de vídeos no Snapchat utiliza mais de 40 MB. O aplicativo para ouvir músicas Spotity necessita de 16 MB para rodar cerca de seis minutos de áudio em formato streaming.

Outra ferramenta popular que exige muita internet do seu celular é a Netflix. Ideal para assistir a séries e filmes, o aplicativo, quando utilizado no formato de streaming, possui um consumo muito alto. Para se ter uma ideia, a opção de visualização com qualidade mais baixa gasta 150 MB a cada meia hora de uso. A mais alta utiliza 500 MB durante o mesmo período.

Faça o download do que mais precisa

Ao mesmo tempo em que alguns apps consomem bastante dados quando são utilizados online, muitos oferecem a opção de consumir conteúdo offline. Spotify, Netflix e Google Maps, por exemplo, têm opções para para você baixar conteúdo e utilizá-lo sem internet.

Esses recursos são uma ótima opção para não depender sempre de dados para utilizar serviços importantes para você. Mas fique atento, claro, para não acabar enchendo a memória do celular com downloads que não sejam essenciais.

Gerencie as atualizações e backups

Configure os apps para que sejam atualizados apenas quando houver conexão WiFi e, no caso de navegadores como o Chrome e o Safari, selecione a opção de economia de dados para economizar internet quando estiver sem conexão WiFi.

Também vale ficar de olho nos aplicativos inicializados automaticamente pelo celular (conhecidos como aplicativos “em segundo plano”)! Configure o aparelho para ter somente o essencial à mão.

Atente-se, ainda, às sincronizações automáticas de algumas aplicações. Sincronizar é interessante para fazer o backup de informações na nuvem, mas pode gastar dados se for feito automaticamente quando você estiver na rua, por exemplo.

Vale lembrar que todas as dicas de economia que demos aqui são importantes para você economizar os seus dados, independentemente de qual plano seja o seu. Mas, se você é alguém que precisa utilizar bastante o celular e não quer abrir mão de nenhuma praticidade no dia a dia, o mais indicado é considerar os planos com mais dados disponíveis ou, em situações pontuais, contratar pacotes extras, no caso de emergências.

Se você tem amigos que também estão em dúvida sobre como fazer o controle de gastos com a conta do celular, compartilhe este post nas redes sociais! Temos certeza de que ele vai ajudar muita gente na mesma situação que você.

Tags:Dicas

Assine a nossa newsletter

Receba as melhores dicas pro seu celular, internet e casa. E mais: conteúdos sobre séries e games


Últimas publicações