Pro seu celular

Celular quente: entenda o que é e como evitar

Compartilhar
Celular quente: entenda o que é e como evitar

Celular quente: entenda o que é e como evitar

Publicado em 26 de junho de 2018

Os dispositivos móveis se transformaram em ferramentas indispensáveis no dia a dia de qualquer pessoa. Além de possibilitar diversas formas de comunicação com outras pessoas, eles também oferecerem inúmeros recursos úteis e fontes inteligentes de informação e entretenimento.

No entanto, quanto mais funcionalidades ativas simultaneamente em um smartphone, mais processamento, memória e bateria são utilizadas, resultando no aquecimento do celular e, consequentemente, danificando seus componentes internos com o tempo.

Por isso, no conteúdo de hoje mostraremos os principais motivos que deixam o celular quente e o que fazer para evitar. Continue a leitura do artigo para conferir tudo o que você precisa saber sobre o assunto!

Evite deixar o aparelho em ambientes quentes

Não é nenhuma novidade que o contato direto entre a luz do sol e qualquer aparelho eletrônico é uma péssima combinação, não é verdade? Portanto, não deixe seu smartphone no sol forte, principalmente se ele estiver ligado. Ambientes quentes e situações que podem superaquecer o aparelho também devem ser evitados.

Evite, por exemplo, mexer no celular enquanto ele estiver no seu colo, em contato direto com sua cama, travesseiro, almofada ou de qualquer outro tipo de superfície que contribua para seu aquecimento. A melhor dica é manusear o aparelho nas mãos e de preferência em lugares arejados.

Não utilize o aparelho enquanto estiver carregando

Sem dúvidas, este é um erro básico, mas que todos já cometemos. É muito comum que a bateria do celular descarregue em momentos em que precisamos utilizá-lo. Isso nos leva a conectá-lo ao carregador enquanto o manuseamos.

O problema é que, como dissemos na introdução do artigo, tudo o que fazemos no smartphone exige processamento, memória interna e bateria do dispositivo. Sendo assim, se mexermos no celular enquanto ele recarrega, o superaquecimento é ainda maior do que quando ele está fora da tomada.

Na verdade, enquanto seu aparelho carrega, sua bateria executa reações químicas que, em geral, geram mais calor do que o comum, o que pode prejudicar componentes internos e reduzir a vida útil do aparelho.

Utilize poucas funções ao mesmo tempo

A tecnologia mobile tem evoluído constantemente, trazendo dispositivos cada vez mais modernos, robustos e capazes de executar inúmeras funções. Para se ter uma ideia, um modelo atual de smartphone básico tem mais desempenho do que o melhor computador de alguns anos atrás.

Devido ao desempenho desses aparelhos, muitos usuários acreditam que seu celular suporta mais de dez aplicativos funcionando simultaneamente, ignorando por completo o fato de ter um smartphone quente e sobrecarregado nas mãos.

Para evitar esse tipo de problema, se possível, considere fechar o maior número de aplicativos que puder, utilizando apenas um por vez. Existem diversos apps para gerenciamento de tarefas disponíveis gratuitamente que podem fazer isso de forma automática para você.

E lembre-se, funções secundárias como GPS, Bluetooth e outras que você esquece ligadas, ou até mesmo um fone de ouvido conectado sem uso, podem resultar em um celular aquecendo.

Não use recursos pesados como jogos, VR e câmera por muito tempo

Como vimos, o aquecimento de aparelhos, em geral, é resultado de excesso de processamento e uso de sua capacidade, certo? – Certo!

Ainda que os smartphones modernos sejam otimizados em relação à forma como lidam com o calor para uso de tarefas básicas, eles ainda são limitados em alguns quesitos.

Usar o VR por mais de 15 minutos, por exemplo, causará o aquecimento anormal do celular. Assim como se você abusar do tempo em jogos que exigem alto desempenho ou na câmera.

Ao notar que o dispositivo está muito mais quente do que o normal, feche o gadget em questão e deixe o aparelho “descansar” um pouco.

Faça a limpeza externa e interna do aparelho

Considere passar um pano seco no aparelho, uma pequena escova nas conexões expostas (USB, entrada do fone de ouvido, cartões de memória, etc) e até mesmo nos conectores da bateria, caso ela seja removível. O mau contato causado pela sujeira também pode superaquecer seu celular.

Porém, a limpeza não deve ser apenas externa. Geralmente, a causa do superaquecimento pode ser interna e isso significa que você deve passar a verificar todas as aplicações que estão instaladas no aparelho.

Afinal, quem nunca instalou um app ou jogo apenas para fazer um teste e depois acabou nunca mais abrindo o programa?

O problema é que eles podem estar consumindo processamento do seu smartphone, ainda que não estejam sendo utilizados. Portanto, para conferir quais são os apps que estão gastando mais, faça o seguinte:

Se preferir, ainda em “Configurações”, vá em “Memória” e cheque quais apps estão consumindo mais memória RAM nos últimos tempos. Com essas informações em mãos, confira o que está mais perto do topo e veja qual aplicação pode ser substituída por um app mais econômico.

Reinicie o celular

É uma dica simples, mas bastante eficiente. Quando nada mais funcionar, o melhor a ser feito é reiniciar o celular, já que ao executar esse procedimento, muitos processos que rodavam em plano de fundo serão desligados e renovados.

O que significa que algum processo mal executado pode ser reiniciado juntamente com o smartphone, fazendo o aparelho voltar à temperatura normal.

Remova o case (capinha)

Finalizando as nossas dicas para evitar que o celular superaqueça, vale mencionar algo simples, mas que muitos usuários não notam: o uso de cases.

É um fato que as capinhas servem não apenas para estilizar o dispositivo móvel, mas também garantem a sua segurança e evitam riscos e problemas por possíveis quedas e impactos.

No entanto, o celular quente, muitas vezes, pode ser uma consequência do uso de um case que dificulta a dissipação do calor. Sendo assim, ao notar o aquecimento anormal, remova a capa quando for realizar atividades críticas, como abrir um jogo pesado ou utilizar a câmera, por exemplo.

E aí, gostou do post? Então compartilhe essas dicas com seu amigos em suas redes sociais e não deixe de se inscrever abaixo para receber mais dicas como essa. É totalmente gratuito!

Precisando de celular novo?

 

 

 

 

 

Até a próxima!

Assine a nossa newsletter

Receba as melhores dicas pro seu celular, internet e casa. E mais: conteúdos sobre séries e games


Últimas publicações